O amor maduro nos tempos da internet.

Cresce o número de pessoas com mais de 40 anos que buscam um novo parceiro ou parceira em sites de relacionamento

alx_namoro-coroas-internet-20141217-02_original

Uma rápida busca no Google mostra que não é só o público maduro que está chamando a atenção dos sites de relacionamento. Há endereços eletrônicos voltados exclusivamente para facilitar a união de funcionários públicos, de pessoas acima do peso e até para tímidos atávicos, colados ao computador, aos estudos e nada mais, que estejam procurando um novo amor. A proliferação dos negócios online impactou as tradicionais agências de casamento, que surgiram pela primeira vez nos Estados Unidos, na década de 50. De acordo com um levantamento de VEJA SÃO PAULO, nos anos 90 havia na capital paulista dez escritórios atuando no ramo. Hoje, são apenas três. Para a Heart Hunter Eliete Amélia de Medeiros, diretora de uma dessas agências, a Eclipse Love, há diferenças fundamentais entre os dois negócios. Diz ela: “Oferecemos um serviço bem mais personalizado, pois entrevistamos todos os candidatos pessoalmente, tudo dentro do necessário sigilo. A pessoa que nos contrata não precisa ficar exposta na internet”. A agência faz uma triagem antes de aceitar o cadastro de um novo cliente. “É preciso ter nível superior, trabalhar, ser independente, não ser fumante ou estar acima do peso”, enumera Eliete. A Eclipse Love conta com 5 mil clientes que pagam entre 3 mil e 16 mil reais por até um ano de contrato. No pacote mais caro, olheiros chegam a ir para as ruas procurar o “pretendente perfeito”.

Fonte: Veja – Abril

Coração CadastreCadastre-se