Dia do Solteiro! Veja aqui como acertar na conquista, já que 40% da população é solteira!

Dia do Solteiro

Com uma data especial o solteiro está mais exigente na hora de escolher a sua cara metade a como 40% da população brasileira é solteira, então, nada mais justo do que comemorar essa data da mesma maneira que o dia dos namorados
Liberdade. Poder de escolha. Não dar satisfação. Esses são alguns privilégios que fazem as pessoas não saírem à procura de um companheiro. Muita gente prefere ficar sozinho e não perder algumas comodidades que apenas os solteiros podem ter.

Aqueles que pensam que esse número é pequeno estão enganados, aproximadamente 40% da população brasileira é solteira, segundo dados do último senso do IBGE. Por isso, dia 15 de agosto vai ter muita gente com motivos para comemorar.

Apesar da facilidade oferecida pela internet e dos meios tradicionais para encontrar um novo amor, como festas e até mesmo a convivência com os colegas de trabalho, muitas pessoas ainda continuam solteiras. No p dia 15 de agosto é comemorado o Dia do Solteiro. Para alguns esta situação pode ser uma opção temporária. Para outros, o que dificulta a busca por uma companhia é a falta de alternativa no mercado.

* Amor entre amigos pode dar certo?

“O amor nascido de uma amizade tem tudo para dar certo”, afirma especialista!

De acordo com uma pesquisa feita pela psicóloga Eliete Amélia de Medeiros com homens e mulheres cadastrados no Clube dos Solteiros, da agência de namoro Eclipse Love, 90% das pessoas já se apaixonaram, pelo menos uma vez na vida, por um amigo ou amiga.

A pesquisa mostra que:

– Em 5%, dão totalmente certo e resultam até em casamentos e amores para a vida toda.

– Em 20%, esse amor é recíproco, mas deixa de acontecer pela falta de coragem das duas partes em demonstrar esse sentimento por medo de não ser correspondido, ou por perder a amizade e o contato mais próximo com a pessoa.

– Em 40% dos casos, esse amor pode ser correspondido pelo menos para uma tentativa, mas que ao decorrer do tempo acabam não dão certo.

– Em 25%, a outra pessoa nem mesmo sabe da existência dessa paixão.

– E em apenas 10% os apaixonados se declaram e são desiludidos com a resposta.

Segundo Eliete, o amor nascido de uma amizade tem tudo para dar certo. “Essa paixão é muito comum, pois entre amigos existe muita cumplicidade, afinidades, admiração e convívio. Momentos de carência e desilusões amorosas também podem levar uma pessoa a olhar o amigo ou a amiga com outros olhos e intenções”, afirma.

E aí, será que vale a pena arriscar a amizade e viver esse amor?

Fonte : Sentir Bem.

Coração CadastreCadastre-se